Blog Brasilit

telhas
calhas

Calhas e rufos: para que servem?

12/02/2020

O objetivo principal de um telhado é proteger a edificação contra água da chuva, intempéries, infiltrações e degradação dos beirais. Para que isso seja possível é fundamental contar com calhas e rufos em seu telhado.

Economizar em calhas e rufos é a certeza de problemas futuros na cobertura. Mas por que estes dois itens são tão importantes na composição de um telhado adequado?

Continue a leitura e aprenda mais sobre o assunto!

Calhas e rufos: entenda o que é cada um! 

Calhas 

As calhas são canais que têm a função de captar e escoar corretamente a água que cai sobre seu telhado. Sendo assim, este item protege diretamente as áreas externa e interna de uma edificação contra os problemas causados pelo excesso d’água.

calhas

Por garantir o “fim” correto da água que cai sobre o telhado, as calhas protegem a área em volta da construção contra erosões na edificação, acabam com infiltrações e resguardam a pintura de toda a construção. Também são essenciais para reutilização da água de chuva quando direcionada até um reservatório.

Existem muitos tipos e formatos de calhas, cada uma com aplicação específica. As mais conhecidas são as metálicas e de PVC.  

As metálicas são mais resistentes, não oxidam e coletam um nível maior de água, além disso, podem ser pintadas. Consequentemente, o investimento acaba sendo maior do que o das calhas de PVC.

As de PVC, então, são uma excelente opção para obras pequenas e rápidas, sendo mais indicadas para coberturas menores, que não recebem um grande volume de água e que possuem instalação rápida e simplificada.

Por isso, é importante que no momento do projeto seja feita a escolha adequada para a realidade da obra. Leve em conta o tipo de telha que será usado, tipos e número de águas no telhado, comprimento da cobertura, entre outros fatores.

Rufos

A função dos rufos é proteger a alvenaria de uma construção contra infiltrações, garantindo que muros e paredes não sejam danificados por isto. 

Leia também: Dicas para fazer manutenção de Rufos, Sheds e Espigões

Uma característica muito comum em edificações que não possuem rufos são aquelas manchas escuras nas paredes, no topo dos muros causadas pela proliferação de mofo e, em casos mais críticos, até o apodrecimento das paredes. 

 

calhas


 

Além disso, essas infiltrações também resultam em mau cheiro e podem ser prejudiciais à saúde dos que convivem no local, causando até doenças respiratórias.

Normalmente, os rufos são fixados com parafusos, rebites ou pregos nos espaços entre uma água e outra do telhado, em muros e paredes externas.

São fabricados em materiais metálicos e em PVC. O que irá definir qual rufo escolher são as necessidades e o valor do orçamento. 

Tanto as calhas quanto os rufos devem ser instalados por profissionais qualificados para garantir a fixação correta das estruturas de proteção. Quanto à durabilidade e eficácia destes dois itens, elas dependem da qualidade dos materiais e, principalmente, das manutenções preventivas.


Agora você já sabe a função desses dois itens importantíssimos para a proteção e conservação de uma edificação, seja para um enorme prédio ou um simples muro. Se quiser aprender mais sobre telhados, tipos de telhas e acessórios para coberturas, visite nosso blog!

Tags