Blog Brasilit

Dicas
Telhado Fibrocimento Brasilit

Uma ondulação para cada telhado

21/12/2018

Se você está reformando ou construindo do zero a sua casa, é normal que surjam muitas dúvidas. Um exemplo está na escolha de telhas. Se você quer usar um produto de fibrocimento e não é do ramo da construção civil, talvez nem saiba que há enormes diferenças entre a ondulação das telhas. Conhecer esse detalhe é muito importante na hora de você decidir o produto a ser usado.

A primeira coisa que todo mundo que está reformando ou construindo um telhado precisa saber é que a ondulação tem um papel fundamental no escoamento da água da chuva. Ondulações maiores permitem maior vazão. Portanto, se você mora em uma região com altos índices pluviométricos, leve isso em consideração.

“Mas o que é uma ondulação grande?”

A Brasilit trabalha com ondulações variadas. As telhas Fibrotex e Ondina, por exemplo, possuem uma ondulação de 20 mm (medida do ponto mais alto da onda, a crista, até a parte mais baixa, chamada de calha). As medidas vão subindo, passando por 51 mm até chegar às de ondulação gigante, como a Maxiplac, que atinge 125 mm.

Crista e Calha Telhado

O tamanho da ondulação também se reflete na espessura da telha. Quanto menor a ondulação, menor a espessura. Voltando aos exemplos anteriores: Fibrotex tem 4 mm de espessura enquanto a Maxiplac está disponível em até 8 mm.

Espessura Telha

A espessura é um aspecto importante nas telhas de fibrocimento, pois impactam na resistência do produto. Telhas mais espessas suportam vãos maiores entre os apoios do telhado.

“Na minha região chove muito, mas o pedreiro disse para eu usar telhas com pequenas ondulações na minha reforma. Ele está certo?”

Pode ser que sim. Até aqui, vimos uma pequena introdução sobre os elementos básicos, mas há fatores adicionais que precisam ser levados em conta. Um deles é a inclinação do telhado. 
A pergunta acima se refere a uma reforma, portanto podemos deduzir que o telhado já esteja feito. Caso tenha sido construído com uma inclinação alta, é recomendável o uso de telhas com ondulação menor. A explicação é bastante lógica: uma inclinação maior compensa a menor capacidade de escoamento de água da telha de baixa ondulação. Assim a própria força da gravidade faz o serviço.

Chuva no telhado

Além disso, quem possui uma casa com telhado embutido provavelmente irá preferir inclinações menores, justamente para que a cobertura não fique mais alta que a platibanda. Aí entram as telhas com ondulações maiores, mesmo se a casa estiver em uma região menos chuvosa.

“Mas o que é uma inclinação alta?”

Boa pergunta! Tomamos o exemplo da instalação da Fibrotex. Como se trata de uma telha de ondulação e espessura baixas, a recomendação é uma inclinação mínima de 15 graus ou 27%. Isto é: a cada metro de telha, é necessário inclinar o telhado em 27 centímetros. Isso é uma inclinação alta. A título de comparação, a Maxiplac exige uma inclinação mínima muito mais baixa, de 5 graus, ou 9%.

Bastante informação, não é? Mas saiba que a Brasilit tem a telha ideal para a sua necessidade. Entre em contato com a gente pelo site (https://www.brasilit.com.br/fale-conosco), pelo telefone 0800 11 6299 ou por nossas redes sociais.